Dicas em Alter do Chão

destinos incríveis em nosso imenso Brasil que podem e devem ser muito melhor explorados, quando falamos em turismo. Alter do Chão, por exemplo, é um desses locais. Descubra 6 dicas para uma viagem inesquecível para o Caribe Amazônico:

1.Clima de Alter do Chão

É bom que você fique sabendo que o cenário de Alter do Chão, eleita a praia mais bonita do Brasil pelo jornal britânico “The Guardian”, sofre drásticas mudanças de 6 em 6 meses. Existe a estação seca, que ocorre nos meses de agosto a dezembro, e a estação úmida, de janeiro a julho.

Em períodos mais chuvosos, geralmente, março, abril e maio os rios sobem até 7 metros e. por isso, não tem como usufruir todos os dias das praias nos primeiros seis meses do ano, vai depender muito do clima.

2. Preços Tabelados

Esse recanto do Pará, com apenas 7 mil habitantes, tem uma política de preços tabelada em todas as suas praias, e com cardápios bem similares, a base de peixe, ou seja, basta decidir qual delas lhe agrada mais, relaxar e curtir. Além disso, cadeira e guarda-sol não são cobrados mediante ao consumo nos bares. Apenas o valor de serviço do garçom, o famoso 10%.

3. Passeios Obrigatórios

Um dos passeios obrigatório para fazer em Alter do Chão é a Ilha do Amor. Conhecer suas praias e maravilhoso pôr do sol.

Outra dica para fazer nesse lugar incrível é passear de barco no Lago Verde e curtir o pôr do sol na Ponta do Muretá. Tão espetacular como o passeio de barco da Ponta de Pedras, para ver o pôr do sol na Ponta do Cururu.

A Floresta Nacional do Tapajós é outro fenômeno da natureza. Um passeio mais longo, com direito a Trilha do Piquiá, cerca de 10 km.

Foto: Floresta Nacional do Tapajós - Dicas em Alter do Chão
Foto: Floresta Nacional do Tapajós

4. Fuja dos Feriados

Esse paraíso escondido no Pará fica a cerca de 40 Km da cidade de Santarém, que tem 200 mil habitantes. No final de semana, férias escolares e principalmente feriados Alter do Chão pode ficar superlotado, o que pode tirar o encanto do local. as, se não tiver outra data, uma saída é contratar um barco e encontrar uma praia mais isolada.

5. É preciso desconectar-se

Se você é ultra conectado saiba que em Alter o sinal da internet não é lá essas coisas. A dica é relaxar e desconectar-se um pouco do mundo. Mas calma, você irá conseguir publicar suas fotos maravilhosas da viagem nas suas redes sociais.

Foto: Ilha do Amor / Alter do Chão
Foto: Ilha do Amor

6. Leve dinheiro vivo

E não esqueça de se organizar. Se você for viajar para Alter do Chão, é aconselhável levar boa parte do orçamento em dinheiro vivo. Pois, a maioria dos serviços ainda funciona à moda antiga: barqueiros, por exemplo, assim como os restaurantes de praia.

O único caixa eletrônico deste paraíso fica dentro de um minimercado da praça central. E, portanto sempre haverá fila.

E aí curtiu as dicas? Leia também o artigo sobre coronavírus e viagens, que fala sobre quando será  mais seguro “turistar” de novo.